Facebook

terça-feira, 8 de maio de 2007

Anos 80

Anos 80
por Angelo Martinicorena

Há quem fale: “como eram bons os anos 80, e eu não sabia”. Foi o berço musical de grandes estilos, um dos principais foi o Heavy Metal, aonde já vinha engatinhando.
Nos finais dos anos 70, claro que nesse período setentista o movimento punk estava em alta, bandas como Clash, Sex Pistols eram o molde de conduta para adolescentes do subúrbio de grandes metrópoles. Não se pode esquecer da mais punk e política banda de todos os tempos o Dead Kennedys.
Mas já na chegada dos primórdios dos anos 80, bandas como Judas Priest, Saxon, e a espetacular Iron Maiden , demonstravam força de um novo estilo. Onde a imprensa musical a denominou como New Wave of British Heavy Metal (ou a famosa da sigla NWOBHM). Com o visual bastante agressivo com correntes, cabelos compridos, que chocavam a sociedade, onde os denominavam “metaleiros”, mas na verdade o verdadeiro codinome era e ainda é headybangers (batedores de cabeça).
Alem do Maiden, o próprio Ozzy que já havia saído do Black Sabbath iniciou sua carreira solo que eu particularmente acho a melhor fase do artista. Bandas como o Kiss estouram aqui no Brasil ao fazer uma turnê avassaladora aqui no nosso país exatamente um ano antes do melhor festival de rock de todos os tempos, Rock`in Rio de 1985. A partir desse mega evento, que reuniu bandas como Scorpions, Whitesnake, Ozzy Osbourne, AC/DC e Iron Maiden, explode de vez o movimento aqui no nosso país tupiniquim. Jovens com cabelo comprido, calças rasgadas, com jaquetas desbotadas com vários pats de bandas (remendos), adotam esse estilo tão criticado pela sociedade e a igreja, pois acreditavam que tais bandas faziam apologia ao diabo.
Ao final dessa década começa a surgir segmentos do Heavy Metal, como o Trhash Metal, que veremos em outra oportunidade. Claro que poderíamos falar paginas e mais paginas desse estilo grandioso que marcou e marca ate hoje.
________________________________

Artigo feito por Angelo Martinicorena do Blog Metalloween escrito originalmente para o fanzine Coisas da Vida em abril de 2004.

"Heavy Metal está no meu sangue desde os meus 9 anos de idade. Além de um grande apreciador de mitologia nórdica". Angelo Martinicorena.
Página no Orkut.

Um comentário:

Angelo Martinicorena disse...

Interessante este artigo(rssss), valeu amigo véio pelo reconhecimento.Abraços
ANGELO