Facebook

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Já começou o problema dos e-books

"Os livros que estão na minha estante só sairão de lá se eu permitir"

Amazon apaga livro 1984 de todos os Kindles sem pedir permissão.
Tal qual o Grande Irmão, empresa retira conteúdo sem avisar proprietários do leitor de e-books

No blog “O Aleph: observatório literário” divulga que a Amazon começou um processo para apagar todas as cópias do livro 1984, de George Orwell, de todos os Kindles conectados à web nos EUA . A alteração foi feita sem a autorização dos usuários, o que causou indignação e protestos. A empresa foi comparada pelo jornal The New York Times ao Grande Irmão, personagem autoritário e onisciente do livro.
Em uma nota oficial reproduzida pelo site Pocket-lint , a empresa afirmou que a obra foi publicada por engano pela companhia Mobile Reference, junto com outro livro chamado Animal Farm (em português, A Revolução dos Bichos). A nota também avisa que os livros constam como não disponíveis na loja e os usuários que efetuaram a compra serão reembolsados.

Leia a matéria completa de Fábio Resende no blog O Aleph.

3 comentários:

Daniel Hiver disse...

Oi Daniel...
Tu sabes de uma coisa! Eu já tentei ler livros em versão digital... Mas não consigo. Sou ainda daqueles que acham que nada substitui sentir o peso do livro, o cheiro do papel e da tinta. O ato em si de ficar folheando.

fngl disse...

fala daniel, blz!? eu ando por buenos aires e estive ontem em uma livraria muito bacana (bacana é uma forma tosca de descrever a maravilha que é)! postei umas fotos no blog que estou fazendo!
http://peluqueriadeloco.blogspot.com
abs
fábio nagel

Carol disse...

Olá! Em 1999 fiz uma cadeira na faculdade chamava "Literatura Universal". A prof nos deu um texto,no qual Bill Gates afirmava que o livro estava com os dias contados. Detalhe: ele escreveu um livro pra defender essa idéia. Nem me dou o trabalho de me informar sobre esses e-books. O meu "e" na frente de livro quer dizer "estante". Beijão