Facebook

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Em tempos de São Leopoldo Fest...


A Livraria do Trem está completando exatos dois anos e sete meses de atuação na cidade de São Leopoldo sob a direção de Daniel Cunha. Ainda estamos no início de nossa caminhada, mas já estamos fazendo a diferença no ramo de sebos. Sempre com muita criatividade e inovação montamos um espaço de referência na cidade de São Leopoldo e hoje, com muito orgulho, anunciamos o início de mais uma especialidade em nossa loja: a compra e venda de discos de vinil.
Com a colaboração de Cesar Meirelles, músico e colecionador de vinil, a frente de um acervo com mais de 600 discos, entre Lp’s e Compactos, oferecemos uma gama de títulos e gêneros bem variados que vão desde o Samba de raiz até o Rock extremo.
E não acaba por aí, nós estamos com todo o nosso acervo de vinil’s disponível para consulta e venda na internet em dois endereços: no site da Estante Virtual e no Mercado Livre.

Não perca mais essa oportunidade e confira o nosso acervo na internet (nos endereços abaixo) ou venha pessoalmente na nossa loja verificar todo o nosso acervo.

Estamos esperando por você.

ESTANTE VIRTUAL
MERCADO LIVRE

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Cliente nosso de cada dia XII

- Quanto custa este livro?
- 20 reais.
- Mas este livro valia 16 reais o ano passado.
- Não, minha senhora, sempre foi 20 reais.
A cliente com uma voz muito calma, insiste:
- Eu não estou doida, diga lá, o preço é 16 reais, não é?
- Não, minha senhora, deve estar confundindo com a edição importada, essa sim, custava 16 reais.
- O que é que está querendo dizer, que a minha memória está fraca? Não vou aceitar isso. Você não tem o direito. Você é um impertinente que está me chamando de velha tonta e o único tonto aqui é você, ouviu!...
Enquanto diz mais alguns impropérios, tira da bolsa de mão uma pistola que aponta ao livreiro, coloca um sorriso nos lábios e num tom de voz muito amável, pergunta novamente:
- Quanto custa este livro?
- 16 reais, minha senhora, sem nenhuma sombra de dúvida.
Responde o livreiro de braços no ar e tilintando as pernas por todos os lados.

Pode-se conseguir mais com uma palavra amável e uma pistola, do que só com uma palavra amável.