Facebook

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Cliente nosso de cada dia XII

- Quanto custa este livro?
- 20 reais.
- Mas este livro valia 16 reais o ano passado.
- Não, minha senhora, sempre foi 20 reais.
A cliente com uma voz muito calma, insiste:
- Eu não estou doida, diga lá, o preço é 16 reais, não é?
- Não, minha senhora, deve estar confundindo com a edição importada, essa sim, custava 16 reais.
- O que é que está querendo dizer, que a minha memória está fraca? Não vou aceitar isso. Você não tem o direito. Você é um impertinente que está me chamando de velha tonta e o único tonto aqui é você, ouviu!...
Enquanto diz mais alguns impropérios, tira da bolsa de mão uma pistola que aponta ao livreiro, coloca um sorriso nos lábios e num tom de voz muito amável, pergunta novamente:
- Quanto custa este livro?
- 16 reais, minha senhora, sem nenhuma sombra de dúvida.
Responde o livreiro de braços no ar e tilintando as pernas por todos os lados.

Pode-se conseguir mais com uma palavra amável e uma pistola, do que só com uma palavra amável.

Um comentário:

Priscilla Marfori... disse...

kkkkkk... A vida já é um assalto meu caro, rouba a dignidade sem precisar apontar uma pistola na sua cabeça, trocar as armas de agressão pelo mísero resquício de educação que ainda resta, seria mais inteligente! Mas o mundo é ignorante não é mesmo? hehe.

-Ah, quase me esqueci senhora, hoje é o dia internacional da doação de livros! Tome, pegue logo...